Aprenda a lidar com o seu sentimento de culpa!

Sentimento de Culpa Sentimento de Culpa
Em 6 passos conseguirá ultrapassar o seu sentimento de culpa!

Implemente estes passos e sentirá que “sentimento de culpa” é coisa do passado smile

Você não será mais o mesmo!

Lidar com os próprios sentimentos nem sempre é fácil, pode ser até muito complicado, independente de qual ele seja.

Uma das principais dificuldades de lidar com os próprios sentimentos, é o sentimento de culpar-se por algo. E isso pode acontecer de uma forma consciente ou inconsciente.

Em alguns casos até, algumas pessoas tendem a sentir-se culpadas mesmo quando a culpa de algo não é necessariamente delas.

Desenvolver um sentimento de reprovação que as leva á frustração, á baixa auto-estima, á censura, ao remorso, á mágoa, á raiva, a uma preocupação exagerada da opinião dos outros,… como imaginará não abona em nada para a sua saúde.

Mas onde tem origem esse sentimento de culpa?

O sentimento de culpa é um sentimento do passado, você não fica culpado de algo que ainda não concretizou.

Possivelmente até já terá sentido em algum momento isto, em que após as festas do final do Ano Novo, aparece um sentimento de culpa dos excessos que cometemos nesse período, seja em comida, excesso de álcool, falta de descanso, gastos excessivos,…, ou numa outra qualquer situação passada em que decidimos num sentido e depois o resultado não foi nem perto do que esperávamos, seja ao nível pessoal ou profissional.

Acções que de alguma forma nos penalizam ou a alguém próximo de nós, fazem com que esse sentimento se instale e o limite.

O sentimento de culpa é um sentimento inútil, pois ele pertence ao passado e esse você não consegue mudar agora!

Tenha presente o seguinte:

“Ao dar força a esse sentimento, está a comprometer o seu presente e o seu futuro.”

O que fazer então para lidar com o sentimento de culpa?

  1. Perdoe-se a si próprio e a quem está próximo de si. 
  1. Veja as suas acções como aprendizagens que o irão ajudar a evoluir, a crescer, afim de se tornar numa melhor pessoa.

“Saber perdoar e aprender com os erros é um acto de amor e inteligência”

  1. Não use o sentimento de culpa como muleta para continuar a fazer as mesmas coisas. Sentir-se culpado não lhe tira a responsabilidade das suas acções.

Quer resultados diferentes, faça diferente! 

  1. Olhe prá frente.

O passado já foi, o presente e o futuro são onde você irá passar o resto do seu tempo, é aí que você se deve focar!  

Pergunte a si próprio: 

  • Que acções / atitudes devo tomar para pôr em prática o que já aprendi e me vai melhorar como pessoa, na minha vida e na vida dos que me são mais próximos?
  • O que deveria estar a acontecer na minha vida para que eu me sentisse feliz e realizado?
  • O que posso fazer de diferente hoje, que ainda não fiz? 

    5. Relativize.

Será que o prejuízo que você possa ter causado é assim TÃO grande que justifique estar tanto tempo a pensar nele?

Só não erra, quem nada faz.

Nem sempre o impacto das nossas acções são ou têm a importância daquilo que nós achamos que tiveram. 

  1. Peça desculpa.

Se sente que fez algo de errado, embora não o tenha feito intencionalmente, peça desculpa, assuma o erro e siga em frente. Se puder corrigir algo, faça-o, afinal esse tinha sido o seu propósito.

À quem diga que recordar é viver. Sim, é viver no passado. E embora eu não tenha nada contra em lembrar “boas recordações smile “ sugiro que  Sonhe, Sonhe mais e vá atrás desses sonhos.

Isso fará com que cresça e evolua todos os dias na esperança de os atingir, não dando espaço a esse sentimento de culpa que só o atrasa e limita.

“Seja a melhor versão de si próprio”.

Tem dificuldade em fazê-lo sozinho!?

http://www.ruirodrigues.com.pt/index.php/coaching-com-pnl/coaching-com-pnl

Fiquem bem!

Um Abraço smile

Last modified onTuesday, 12 June 2018 13:38

SUBSCREVE A MINHA NEWSLETTER 

e recebe por email artigos, noticias, eventos e promoções que irão ocorrer


 

Agende agora uma sessão gratuitae saiba como o Coaching com PNL o vai ajudar na sua vida!

Contacte-me